Militar nomeado para comandar Biblioteca Nacional cai antes de tomar posse


Um dia após ser nomeado como novo presidente da Biblioteca Nacional, o ex-capitão de mar e guerra da Marinha do Brasil Carlos Fernando Rabello teve o termo de posse barrado pelo Ministério do Turismo, pasta que abriga a Secretaria Especial da Cultura (Secult) no governo Bolsonaro.

Procurada pela coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a Secult sob informou que ela mesmo cancelou a nomeação “em razão da tramitação de outro processo visando a nomeação para o cargo”. A pasta não informou, no entanto, os motivos do ato ou se há um novo indicado para o cargo.

Segundo a publicação, servidores relataram que Rabello telefonou para a biblioteca e disse que “forças superiores” impediram sua posse.

Apuração da coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, atribui a queda a divergências entre o secretário Especial da Cultura Mario Frias, responsável pela indicação do militar, e o ministro do Turismo Gilson Machado. Isto porque eles são adversários no governo.
Militar nomeado para comandar Biblioteca Nacional cai antes de tomar posse Militar nomeado para comandar Biblioteca Nacional cai antes de tomar posse Reviewed by Redação on sexta-feira, fevereiro 25, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário

publicidade