Ubatã: Morto em confronto com a polícia era suspeito de tráfico, espancamento e tentativa de homicídio

— Crédito: Reprodução/Ubatã Notícias

Wauslay de Jesus Santos, 20, vulgo Zezão, morto em confronto contra a polícia nesta terça-feira, na rua Dom Pedro II, além de liderar o tráfico de drogas na região da Várzea, era suspeito de uma tentativa de homicídio ocorrida nas primeiras horas de 2024 na praça Ruy Barbosa. A informação é da Polícia Militar. No momento do crime ocorria uma programação de réveillon. Zezão teria sido identificado por testemunhas e também por uma câmera de videomonitoramento, que o flagrou correndo do local com um revólver em punho.

Ainda de acordo com a PM, Zezão teria espancado o seu tio, o agente de limpeza Jucelino Anjo dos Santos Nascimento, o Ju, em meados de janeiro deste ano. Dias depois, bastante debilitado, Ju acabou passando mal quando estava na feira livre, retornou para casa e acabou morrendo. Na ação que culminou na morte de Zezão, a PM apreendeu com o suspeito uma submetralhadora, maconha, crack, cocaína, balanças de precisão, material para embalar droga e R$ 2.254,00. Ainda na operação desta terça a PM prendeu dois homens suspeitos de tráfico, identificados pelos prenomes de Fabinho e Nícolas. (Ubatã Notícias
Ubatã: Morto em confronto com a polícia era suspeito de tráfico, espancamento e tentativa de homicídio Ubatã: Morto em confronto com a polícia era suspeito de tráfico, espancamento e tentativa de homicídio Reviewed by Giro Ibirataia on quinta-feira, fevereiro 08, 2024 Rating: 5

Nenhum comentário

SECOM - TRANSFORMAÇÃO