Diesel avança mais de 7% em julho e preços sobem quase 62% nos últimos 12 meses

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) surtiu efeito na redução dos preços dos combustíveis, desacelerando a prévia da inflação de julho (IPCA-15). O diesel, portanto, foi na contramão e seguiu com avanço dos valores, com alta de 7,32% neste mês.

Nos últimos 12 meses, o combustível ficou 62,89% mais caro, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por conta disso, o preço-médio do diesel ultrapassou o da gasolina pela primeira vez em 10 anos.

Segundo o levantamento do IBGE, os preços da gasolina recuaram 5,01% neste mês de Julho, porém acumulam alta de 20,38% nos últimos 12 meses.

Apesar da redução do ICMS, o preço-médio do combustível da Bahia é o terceiro mais caro do Brasil, custando R$ 6,21. O estado ficou atrás apenas do Rio Grande do Norte (R$ 6,35), Roraima (R$ 6,25) e Maranhão (R$ 6,24), de acordo com o último levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Em relação a um ano atrás, o preço-médio do etanol recuou 0,55%. Apenas neste mês de julho o valor do álcool nos postos de reabastecimento caíram 8,16%

O IPCA-15, conhecido como a prévia da inflação, registrou alta de apenas de 0,13% em julho.
Diesel avança mais de 7% em julho e preços sobem quase 62% nos últimos 12 meses Diesel avança mais de 7% em julho e preços sobem quase 62% nos últimos 12 meses Reviewed by Giro Ibirataia on terça-feira, julho 26, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário