Comissão do Senado aprova fim de sigilo de gastos de Bolsonaro com cartão corporativo


A Comissão de Transparência, Fiscalização e Controle (CTFC) do Senado aprovou, nesta terça-feira (23), um requerimento para derrubar o sigilo dos gastos do presidente Jair Bolsonaro com os cartões corporativos. De acordo com informações da Veja, a petição agora segue para a Mesa Diretora, que deve deliberar sobre o pedido.

De autoria do senador Fabiano Contarato (PT-ES), o requerimento é endereçado ao ministro da Secretaria-Geral, o general Luiz Eduardo Ramos, e solicita informações detalhadas sobre todas as despesas lançadas nos cartões no período entre 2019 e 2021. Dentre os dados solicitados estão o CPF do portador, o responsável por autorizar o gasto, o nome e CNPJ do favorecido, além do valor pago.

“Em desobediência aos princípios constitucionais e a decisões do STF, a Presidência tem se recusado a fornecer as informações sobre o uso destes cartões, atribuindo o rótulo de ‘sigiloso’ às informações de gastos da Presidência com os cartões”, diz trecho do requerimento.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal O Globo, as despesas da Presidência da República nos cartões corporativos já somam R$ 11,8 milhões, superando os gastos dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Michel Temer.
Comissão do Senado aprova fim de sigilo de gastos de Bolsonaro com cartão corporativo Comissão do Senado aprova fim de sigilo de gastos de Bolsonaro com cartão corporativo Reviewed by Redação on quarta-feira, fevereiro 23, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário

publicidade