“A situação é caótica”, diz Sandro Régis sobre briga de facções no Dique e toque de recolher na Engomadeira


O deputado estadual Sandro Régis (União Brasil), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), criticou neste domingo (27) o governo do estado após casos de violência ocorridos neste final de semana em Salvador.

No Dique do Tororó, uma briga entre facções causou pânico no trânsito, o que levou motoristas a utilizarem a contramão para fugir da situação. Na Engomadeira, além de confrontos, bandidos decretaram toque de recolher.

“A situação da segurança pública da Bahia é caótica. É um absurdo que a população baiana tenha que enfrentar esse tipo de situação por causa da ineficiência do governo do PT, que nunca priorizou a segurança. Esses casos são a prova de que o governo do PT perdeu a guerra contra o crime organizado”, afirmou.

Para Régis, a escalada da violência na Bahia é culpa dos governos petistas. “Eles sempre procuram culpados, mas a responsabilidade é deles. É inacreditável que a gente continue vendo essas cenas lamentáveis sem que o governo adote medidas efetivas para combater as facções e proteger a população”, disse.
“A situação é caótica”, diz Sandro Régis sobre briga de facções no Dique e toque de recolher na Engomadeira “A situação é caótica”, diz Sandro Régis sobre briga de facções no Dique e toque de recolher na Engomadeira Reviewed by Giro Ibirataia on domingo, fevereiro 27, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário

GOVERNO DO ESTADO - OBRAS