Header AD

NY exige comprovante de vacinação para assembleia da ONU com participação de Bolsonaro


Delegações estrangeiras que participarão da Assembleia-Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) foram avisadas que todos os participantes do encontro de líderes globais precisarão apresentar comprovante de imunização contra a Covid-19 para entrar no edifício da entidade.

O presidente Jair Bolsonaro, que anunciou a intenção de comparecer presencialmente ao evento, diz não ter se vacinado. Ele deve fazer o discurso de abertura do evento, marcado para o dia 21 de setembro.

Consultados, diplomatas brasileiros afirmaram, sob condição de anonimato, que a exigência não se aplicaria a chefes de Estado, que têm protocolo próprio para acessar o edifício da ONU. Assim, segundo os representantes diplomáticos, não haveria impedimento para a viagem de Bolsonaro.

Os países receberam uma carta datada de terça (14) assinada por Abdulla Shahid, que exerce a presidência da atual sessão da Assembleia Geral. Ele encaminhou aos delegados correspondências que recebeu do governo municipal de Nova York. Nos documentos, as autoridades da cidade dizem que a prova de vacinação deve ser exigida para eventos fechados, o que inclui a Assembleia-Geral da ONU.

"Eu apoio fortemente essas medidas como um passo importante no nosso retorno a uma Assembleia-Geral totalmente funcional", escreveu Shadid. "Estou pronto para trabalhar com o secretário-geral [António Guterres] para implementar a exigência de prova de vacinação o mais rapidamente possível."

O documento do governo de Nova York destaca que "todas as pessoas" que queiram entrar no perímetro da ONU para participar da assembleia devem mostrar "prova de vacinação para acessar o plenário".
NY exige comprovante de vacinação para assembleia da ONU com participação de Bolsonaro NY exige comprovante de vacinação para assembleia da ONU com participação de Bolsonaro Reviewed by Giro Ibirataia on quarta-feira, setembro 15, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário

ANÚNCIOS