Delegado diz que assassinato de pediatra na Bahia foi encomendado

 


O assassinato do médico Júlio César de Queiroz Teixeira, 44 anos, morto a tiros dentro da clínica onde ele trabalhava, na cidade de Barra, no oeste da Bahia, foi um crime encomendado. A informação foi divulgada pelo delegado Jenivaldo Rodrigues, responsável por investigar o caso. O suspeito de atirar contra o médico foi preso na segunda-feira (27), no município de Barra. Ele foi identificado como Jefferson Ferreira. O comparsa, que levou o atirador até a clínica, também já foi detido. O nome dele não foi divulgado. “Já prendemos o executor e quem estava pilotando a moto. Estamos agora organizando tudo para ver se acha o mandante, mas a gente sabe que foi um crime de mando”, disse o delegado. De acordo com a polícia, a motocicleta e o capacete utilizados no dia crime foram apreendidos com o suspeito. No dia do crime, o homem entrou na clínica usando o equipamento na cabeça. No sábado (25), a polícia afirmou que apura se o pediatra foi assassinado após alertar uma família sobre uma criança atendida por ele, que apresentou sinais de abuso sexual.
Delegado diz que assassinato de pediatra na Bahia foi encomendado Delegado diz que assassinato de pediatra na Bahia foi encomendado Reviewed by Giro Ibirataia on terça-feira, setembro 28, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário

ANÚNCIOS

https://www.ibirataia.ba.gov.br/