Header AD

Ex-vereador do Rio, suspeito pela morte de Marielle, é preso em São Paulo

 


O ex-vereador Cristiano Girão Matias foi preso em São Paulo na manhã desta sexta-feira, 30, em uma operação desencadeada pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro com apoio de apoio de agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de São Paulo. Ele foi detido por ter sido, supostamente, o mandante da morte de um casal na Gardênia Azul (Zona Oeste do Rio) em 2014. Quem teria executado, segundo denúncia do Ministério Público, seria Ronnie Lessa, já preso e réu pelo atentado contra a vereadora. O indiciamento de Girão foi feito pelo delegado Moysés Santana antes de deixar o cargo na DH do Rio. Desde que o MP do Rio apresentou a denúncia, Girão voltou a ser o principal suspeito de ordenar duplo assassinato da política de esquerda e do seu condutor. As promotoras que apresentaram a denúncia veem um modo de operação similar nos dois crimes – ambos executados com carros em movimento. O envolvimento entre Lessa e Girão na morte do casal em 2014 foi apontado por testemunhas, por buscas de Lessa feitas no Google, e documentado em um relatório.
Ex-vereador do Rio, suspeito pela morte de Marielle, é preso em São Paulo Ex-vereador do Rio, suspeito pela morte de Marielle, é preso em São Paulo Reviewed by Redação on sexta-feira, julho 30, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário

ANÚNCIOS