Com livro de Hitler em mãos, homem é detido por ofensas racistas e homofóbicas em SP

Foto: Divulgação

Um homem ainda não identificado foi preso em flagrante após disparar ofensas racistas e homofóbicas dentro da Biblioteca Mário de Andrade, no bairro da República, no centro de São Paulo, na tarde desta terça-feira (2). Segundo a Polícia Civil, ele foi detido pela polícia por volta das 13h, após ofender duas mulheres: uma de 39 e outra de 66 anos. A ação do suspeito foi registrada por frequentadores do local e divulgada nas redes sociais. Em pouco mais de uma hora, um dos vídeos com as falas racistas e homofóbicas tinha mais de 15 mil visualizações. Nas imagens, o homem é visto com os livros “Minha Luta”, de Adolf Hitler, e “Uma breve história do tempo”, de Stephen Hawking, e sendo repreendido por uma funcionária do espaço público e por um homem que grava toda a ação. Ele chega a ser advertido de que racismo é crime, mas ataca pessoas negras, incluindo sua cultura, os associa a dependentes químicos e traficantes e também faz de alvo pessoas homossexuais, usando palavras de baixo calão. “Eu não gosto de negro, a cultura deles é uma b*sta. Se prestasse, eles não eram discriminados pela sociedade”, afirma. Ele relaciona, ainda, pessoas negras a roubos de celulares no centro de São Paulo. “Você acha que eu tô errado? Eu não gosto de negro não, quem gosta de macaco é o zoológico”, disse o homem.
Com livro de Hitler em mãos, homem é detido por ofensas racistas e homofóbicas em SP Com livro de Hitler em mãos, homem é detido por ofensas racistas e homofóbicas em SP Reviewed by Giro Ibirataia on quarta-feira, agosto 03, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário