Porto Seguro: Comunidade desaparece após cheia de rio provocada por chuvas


Uma comunidade ribeirinha em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, ficou encoberta devido ao volume de chuvas recebido no Rio Buranhém. Segundo o TAB UOL, cerca de 300 pessoas que vivem na margem do Rio, sobretudo na chamada Ilha do Macaco, tiveram de deixar suas casas.

A situação ficou dramática no último domingo (12). Um dos moradores ouvidos pela reportagem, Edvaldo da Costa, contou que nunca viu o rio subir daquele jeito. Quando percebeu que a água tomava a casa, ele abandonou o imóvel. Junto com a esposa, conseguiu tirar roupas, um colchão, documentos e seis cachorros.

Após as chuvas causadas pelo ciclone extratropical que atingiu o extremo sul baiano e o Nordeste de Minas Gerais, todas as pessoas tiveram que deixar as casas. A água subiu em torno de 4 metros em quase 5 horas.

Porto Seguro não está entre as cidades mais afetadas pelas chuvas na Bahia. No entanto, como é foz do Rio Buranhém que nasce em Minas Gerais onde ocorreram também fortes chuvas, o estuário teve o volume aumentado, o que afetou a cidade baiana.

Com Informações do Bahia Notícias
Porto Seguro: Comunidade desaparece após cheia de rio provocada por chuvas Porto Seguro: Comunidade desaparece após cheia de rio provocada por chuvas Reviewed by Redação on quarta-feira, dezembro 15, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário

ANÚNCIOS