Header AD

Bahia é 2º estado com maior cobertura proporcional do auxílio emergencial

 


Proporcionalmente, a Bahia é o segundo estado do Brasil no qual mais pessoas receberam o auxílio emergencial do governo federal durante a pandemia. A informação está contida no terceiro volume da série “De Olho na Cidadania”. A obra, intitulada “Perfil dos beneficiários do Auxílio Emergencial pela Covid-19: quem são e onde estão?” foi publicada nesta segunda-feira (8) pelo Ministério da Cidadania. Segundo o estudo, realizado Raquel Freitas e Marta Custódio, ambas da pasta federal, 38,8% dos baianos receberam o benefício de R$ 600 fornecido pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os dados se referem até o dia 14 de dezembro de 2020. De acordo com o levantamento, a Bahia fica atrás apenas do Piauí, onde 39,9% foi favorecida com o auxílio. Fecha o “pódio” o Pará, com 38,1% da população total. Ainda conforme o estudo, a Bahia, junto com São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Pernambuco respondem por 50,7% do total de beneficiários das parcelas P1 do auxílio, o que corresponde a 34,4 milhões de pessoas. Somente em território baiano, 5.798.240 pessoas receberam parcelas do P1 benefício, nos grupos I e II. Houve também outros 2.285.352 cidadãos da Bahia não inscritos no CadÚnico, outros 2.590.630 registrados no cadastro único e no Bolsa Família, além de 922.258 no CaDúnico, mas não no Bolsa. 

Com Informações do Bahia Notícias

Bahia é 2º estado com maior cobertura proporcional do auxílio emergencial Bahia é 2º estado com maior cobertura proporcional do auxílio emergencial Reviewed by Giro Ibirataia on terça-feira, março 09, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário

ANÚNCIOS