Header AD

Cenário da pandemia na Bahia está 'mais crítico do que em julho', diz secretário de Saúde



Foto: Paula Fróes/ GOVBA

Após ressaltar que a Bahia já enfrenta uma segunda onda da Covid-19, o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, pontuou que a situação é pior do que há cinco ou seis meses. "O cenário que estamos vivendo agora é mais crítico do que em junho/ julho", escreveu, em mensagem compartilhada no Twitter.

O alerta foi feito na manhã desta quinta-feira (3), junto a um gráfico que mostra que o pico de casos ativos do novo coronavírus na Bahia ocorreu em meados de julho. Na sequência, houve uma queda significativa nos números, seguida de uma estabilização, até que em novembro a curva de casos voltou a crescer.



Imagem: Reprodução/ Twitter @fabiovboas (Clique para ampliar)


No último boletim da Sesab dessa, publicado nessa quarta-feira (2), 11.771 pessoas contaminadas com a Covid-19 atualmente foram identificadas. Esse é o maior número desde o dia 29 de agosto.

De acordo com Vilas-Boas, a sobrecarga no sistema é "muito maior" em relação aos laboratórios, transporte e regulação de pacientes. "Pela primeira vez, todas as regiões estão com número alto de incidência, internação, ocupação de leitos", destacou o secretário. A diferença, conforme esclarecida por ele, é que antes havia um "revezamento de surtos". "Agora é todo o estado", assinalou.

Com Informações do Bahia Notícias
Cenário da pandemia na Bahia está 'mais crítico do que em julho', diz secretário de Saúde Cenário da pandemia na Bahia está 'mais crítico do que em julho', diz secretário de Saúde Reviewed by Redação on quinta-feira, dezembro 03, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário

ANÚNCIOS